Grêmio vence e o Atlético Goianiense empata com o Timão

Os jogos aconteceram em Porto Alegre e em Goiania

Foto: LUCAS UEBEL
Grêmio vence e o Atlético Goianiense empata com o Timão
Lance de posse de bola do Grêmio

G E 

No reencontro com Tiago Nunes, o Grêmio levou a melhor e bateu o Ceara por 2 a 0, na manhã deste domingo, na Arena do Grêmio, pela 20ª rodada da Série A do Brasileiro. No primeiro tempo, Diego Souza e Ferreira marcaram. Assim, os gaúchos vão a 19 pontos (18 jogos), na 18ª colocação. O Alvinegro estaciona nos 24 pontos (19 jogos) e pode ser ultrapassado na rodada

O Grêmio tinha mais posse de bola no início do primeiro tempo, mas, de fato, foram poucas as emoções. Só aos 23 minutos Ferreira chutou forte, e Richard salvou o Vozão.

Os donos da casa eram bem melhores no jogo. Faltava ao Ceará uma boa atuação de Mendoza, Jael e Vina, principalmente. Mesmo equilibrando nos minutos finais do primeiro tempo, o Ceará viu o Grêmio abrir o placar. Diego Souza fez o gol de cabeça. E os donos da casa ampliaram, para alegria dos torcedores. Ferreira chutou cruzado, tirou de Richard, a bola ainda bateu na trave e foi: 2 a 0

O técnico Tiago Nunes fez algumas alterações no decorrer do segundo tempo, mas Ferreira quem arriscou a gol para fora. Felipão também mudou. O Ceará assustou com Luiz Otávio, de cabeça. O ritmo do jogo caiu bastante, mesmo com as alterações. Borja, que entrou, arriscou aos 38 minutos para fora. Com o placar já resolvido, o Grêmio só administrou até o fim. O Ceará não demonstrou nenhum fôlego para diminuir o placar, o que preocupa para o restante do 2º turno. 

ATLÉTICO GOIANIENSE x CORINTHIANS

Um gol no fim do jogo, confirmado após longa revisão do árbitro, sacramentou o empate em 1 a 1 entre Atlético Goianiense e Corinthians, neste domingo, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Os visitantes abriram o placar no segundo tempo com Gabriel Pereira e seguraram a vantagem até os 43 minutos, quando Zé Roberto empatou de cabeça. No lance, os corintianos reclamaram de impedimento de Brian Montenegro, mas a arbitragem entendeu que ele não participou da jogada.

Jogadores do Corinthians reclamam com a arbitragem no jogo contra o Atlético-GO

O árbitro Antonio Dib Moraes de Sousa marcou o gol de Zé Roberto no fim, mas foi aconselhado pelo árbitro de vídeo, Heber Roberto Lopes, a revisar o lance. A dúvida era sobre a participação de Brian Montenegro, que estava impedido, e se ele atrapalhou Roger Guedes, que marcava Zé Roberto. Após a revisão, Sousa confirmou o gol.

O primeiro tempo em Goiânia foi de poucas emoções e muito calor – a partida foi interrompida para hidratação dos jogadores, mesmo à noite. Atlético-GO e Corinthians tiveram dificuldades para criar e finalizaram só cinco vezes, duas dos donos da casa, o restante dos visitantes. Roger Guedes assustou Fernando Miguel com uma cabeçada no fim, mas foi só. O 0 a 0 foi ilustrativo do que se viu na etapa inicial do confronto.

Zé Roberto e João Victor em Atlético-GO x Corinthians

A metade final do jogo foi bem melhor do que a primeira. O Corinthians abriu o placar aos 14 minutos numa boa jogada individual de Gabriel Pereira, que acertou dois dribles dentro da área antes de bater rasteiro para marcar. Atrás, o Atlético-GO foi para cima e quase empatou numa falha de Raul Gustavo que João Victor salvou depois em cima da linha. A igualdade só veio no fim, em bola levantada na área do Corinthians que Zé Roberto completou de cabeça.

O torcedor do Corinthians tinha a expectativa de ver Willian de volta ao time contra o Atlético-GO, mas o meia-atacante precisou voltar para São Paulo um dia antes. A Anvisa determinou que ele cumprisse quarentena por ter estado no Reino Unido antes de desembarcar no Brasil, no início do mês. O Corinthians cumpriu a ordem, mas protestou.

O empate em Goiânia manteve os dois times com 28 pontos na classificação, mas o Corinthians na frente por causa do saldo de gols. Os paulistas ainda estão na sexta posição, com saldo de um gol, enquanto os goianos aparecem um lugar abaixo, com saldo de -1.