Técnico do Marreco pensa grande

O treinador Sérginho diz que o Marreco vai brigar por títulos em 2020

Foto: ADOLFO PEGORARO
Técnico do Marreco pensa grande
Serginho Schiochet: ‘Vamos brigar de igual pra igual com todo mundo, disputar títulos com certeza’

ADOLFO PEGORARO - Via CBFS

O fato de ter um time com menos investimento e com jogadores mais jovens não tira o objetivo do técnico do Marreco Uma equipe precisa sempre almejar títulos, indiferente se tem alto ou baixo investimento, se utiliza jogadores mais jovens ou mais experientes. Pelo menos essa é a premissa do técnico Serginho Schiochet, comandante do Marreco, que tem um grande desafio na temporada 2020: com um grupo mais reduzido, mais barato e mais jovem, disputar três competições de altíssimo nível de agosto a dezembro.

E olha que Serginho já topou desafios surpreendentes. Em 2013, com um dos menores investimentos da Liga Nacional, levou o Concórdia à final da Liga Nacional. Como resultado desse belo trabalho, passou a comandar a Seleção Brasileira e, em 2016, na Copa do Mundo realizada na Colômbia, foi o técnico do Brasil.

JORNAL de BELTRÃO  – Como está sendo o planejamento para a volta dos jogos?

Serginho Schiochet – A gente está procurando intensificar mais os trabalhos com bola, mesmo não tendo as condições necessárias para usar a quadra. Algumas coisas a gente tem passado para os atletas, algumas sistemáticas que a gente vinha fazendo. Esses jogadores novos, o Amadeu e o Douglas, vamos passar essa postura do que vínhamos fazendo. Quando voltarem as competições, a falta de ritmo vai pegar quase todas as outras equipes.

 JdeB – O que se pode prometer pra torcida em 2020?

Serginho – O torcedor pode ficar tranquilo, a nossa bandeira enquanto comandante da equipe sempre foi tirar o máximo dos atletas, muita luta, muita determinação, muita pegada. Dentro dessa temporada 2020 do Marreco, a gente teve que se enquadrar em algumas sistemáticas. Infelizmente essa pandemia nos deixou numa situação bastante delicada, porque o grupo perdeu quatro peças. Muito amor à camisa, muita dedicação e isso o torcedor vai ver dentro de quadra.

JdeB – Esse desafio de ter um time com menos investimento te motiva para tentar surpreender?

Serginho – Estando dentro do Estado do Paraná competindo já é uma motivação muito grande, devido ao nível das equipes. Com menos investimento, já fica um pouco mais complicado. Além disso, temos um grupo mais jovem. Mas vamos nos motivas ainda mais, como foi ano passado. Vamos brigar de igual pra igual com todo mundo, disputar títulos com certeza.

Crédito: Assessoria Marreco - Treinador do Marreco encara de frente dificuldades diante do cenário do clube