Walter marca no fim, e Athletico vira contra o Jorge Wilstermann

No outro jogo do grupo, em Santiago do Chile, houve o registro de Colo-Colo 2x1 Penharol.

Foto: REUTERS
Walter marca no fim, e Athletico vira contra o Jorge Wilstermann
Com Walter os atleticanos comemoram

GLOBO ESPORTE

O Athletico venceu por 3 a 2 o Jorge Wilstermann, na noite desta terça-feira, pela terceira rodada da Libertadores. O Furacão correu atrás do placar por todo o jogo, empatando duas vezes e com o time boliviano melhor na maior parte do tempo.

Mas havia uma surpresa no banco, com Walter, que entrou e, na sua primeira chance, definiu a vitória brasileira. Quem esperava o time boliviano desencontrado por estar há seis meses sem jogar viu outra coisa. 

Comandado por Serginho e com Pato Rodríguez infernizando pelos lados, o Jorge Wilstermann foi pressão e resultado aos nove minutos, com gol de Álvarez. O Athletico só conseguiu o equilíbrio com o pênalti no fim, que Lucho González marcou.

Patito seguiu mostrando a força do time boliviano no segundo tempo dando o passe para Serginho marcar antes dos dez minutos de segundo tempo. O Athletico voltou a empatar com Christian, quando parecia que não tinha mais forças para se recuperar e que tudo mudou. O Jorge Wilstermann perdeu um com a expulsão de Serginho, e Walter entrou para marcar e definir o jogo.

Com a vitória, o Athletico assume a primeira posição do Grupo C, com seis pontos. O Colo-Colo, que venceu o Peñarol por 2 a 1, também tem seis pontos e fica na segunda colocação. O O Jorge Wilstermann é o terceiro, com três pontos.

O Furacão vence a primeira partida em Libertadores nas alturas. O histórico do Furacão na altitude é negativo, com dois empates e cinco derrotas em jogos pela Libertadores até hoje. O estádio Felix Capriles fica em Cochabamba, a 2.560 metros acima do nível do mar.

O Athletico começou o jogo bastante pressionado pelo Jorge Wilstermann, que deixou de lado o desentrosamento de seis meses sem jogar para ir para cima. Perdido em campo, sem conseguir responder às ações, o Furacão deixou um espaço pela direita onde Pato Rodríguez fez o que quis, até que o gol veio aos nove minutos de jogo com Álvarez. Ele recebeu o lançamento longo no meio da marcação desencontrada, saiu na frente de todos e deu um toquinho para tirar o goleiro Santos e marcar.

O jogo seguiu mais para o time boliviano, enquanto Lucho González desperdiçava as poucas chances. Com o tempo, a falta de ritmo do Jorge Wilstermann deu mais espaço para o Athletico também mais organizado. O empate aconteceu em um pênalti sofrido por Fabinho, aos 37 minutos de jogo. Fabinho ainda teve outra boa chance aos 42 minutos com um cabeceio forte, que o goleiro Giménez defendeu.

Lembra de Pato Rodríguez, que apavorou no primeiro tempo? Pois é. Ele fez de novo no segundo tempo e, aos 10 minutos, tabelou para dar o passe certeiro para Serginho dentro da área, que só tocou para o gol. Santos e a defesa do Furacão ficaram rendidos em um segundo tempo que estava mais equilibrado. 

A falta de ritmo cobrou mais o preço ao Wilstermann, que se retraiu para garantir o resultado e segurar a possível pressão do Furacão orquestrada por Edurado Barros, que tirou Lucho e Geuvânio para colocar os jovens Pedrinho e Ravanelli. O clima não mudou, mas o placar sim. Christian aproveitou uma de suas poucas chances para entrar com tudo na área e empatar novamente para o Furacão.

Barros seguiu mudando o time, com uma montagem totalmente ofensiva e com ele, Walter, que entrou pouco depois do Jorge Wilstermann perder Serginho expulso. O atacante teve uma chance e não desperdiçou: na bola lançada por Jonathan, ele recebeu, arrumou e chutou com força para as redes. 

Pela Libertadores, o Athletico volta a campo no próximo dia 23 de setembro, na Arena da Baixada, pela quarta rodada. O jogo é contra o Colo Colo. No Brasileirão, o Furacão descansa no fim de semana e volta somente no outro final de semana, no dia 26, contra o Bahia. Com o campeonato boliviano ainda paralisado, o Jorge Wilstermann volta a jogar no dia 25 de setembro contra o Peñarol em casa.

No outro jogo do grupo, em Santiago do Chile, houve o registro de Colo-Colo 2x1 Penharol.

JOGOS DE ONTEM


JOGOS DE HOJE


JOGOS DE AMANHÃ

Grupo A

ClassificaçãoPJVEDGPGCSG
1Ind. Del Valle62200606
2Flamengo62200514
3Junior0200215-4
4Barcelona-EQU0200206-6

Grupo B

ClassificaçãoPJVEDGPGCSG
1Palmeiras62200514
2Guaraní-PAR32101330
3Bolívar32101220
4Tigre0200204-4

Grupo C

ClassificaçãoPJVEDGPGCSG
1Athletico63201431
2Colo-Colo63201330
3J. Wilstermann33102440
4Peñarol3310223-1

Grupo D

ClassificaçãoPJVEDGPGCSG
1LDU Quito63201431
2River Plate32101835
3São Paulo32101422
4Binacional33102210-8

Grupo E

ClassificaçãoPJVEDGPGCSG
1Internacional42110303
2Grêmio42110202
3América de Cáli3210123-1
4U. Católica0200215-4

Grupo F

ClassificaçãoPJVEDGPGCSG
1Racing62200312
2Nacional-URU62200202
3Estudiantes-VEN0200213-2
4Alianza0200202-2

Grupo G

ClassificaçãoPJVEDGPGCSG
1Santos73210312
2Olimpia53120321
3Delfín1201112-1
4Defensa y Justicia0200224-2

Grupo H

ClassificaçãoPJVEDGPGCSG
1Libertad62200532
2Boca Juniors42110413
3Caracas1201134-1
4Ind. Medellín0200215-4