Ferroviária vira líder ao quebrar a invencibilidade de Bangu

A Ferrinha venceu o Bangi e agora está na liderança, com 14 pontos ganhos

Foto: JONATHAN DUTRA
Ferroviária vira líder ao quebrar a invencibilidade de Bangu
Brilhou a estrela de Thiago Marques

FUTEBOL INTERIOR

Ferroviária, na estreia do experiente técnico Paulo Roberto Santos, venceu o Bangu, por 3 a 1, neste sábado, em pleno Moça Bonita, no Rio de Janeiro, pela sétima rodada, e assumiu a liderança do Grupo 7 da Série D do Campeonato Brasileiro.

Tiago Marques (2) e Gleyson fizeram os dois gols que colocaram a Ferrinha na liderança com 14 pontos. O Bangu, por sua vez, perdeu a invencibilidade e caiu para a vice-liderança com 12 pontos. Felipinho fez o gol de honra dos mandantes.

A Ferroviária começou com tudo a partida em Moça Bonita. Aos 50 segundos, Gabriel Gomes tentou sair jogando, perdeu o pé de ferro com Thiago Marques que avançou e bateu na saída do goleiro do Bangu.

O Bangu não abaixou a cabeça e foi pra cima. Aos 2 minutos, Miller bateu escanteio, Felipe Dias ficou com a bola e completou para o gol, mas o árbitro marcou impedimento. Aos 13 minutos, Denner bateu forte, a bola desviou na zaga do Bangu e assustou o goleiro Luciano.

O jogo até seguiu corrido, mas sem grandes chnaces. As defesas levaram a melhor sobre os ataques. Aos 45 minutos, um choque de cabeça assustou a todos. Na área da Ferroviária, Gabriel Gomes e Matheus Salustiano bateram cabeça com cabeça. Gabriel Gomes precisou ser substituído por Paulo Vitor.

Na volta do segundo tempo, Salustiano ficou no vestiário, com corte na cabeça, para a entrada de Fabão. Com a bola em jogo, a Ferroviária ampliou novamente com Tiago Marques. Ele aproveitou cruzamento de Lucas Mendes e falha do goleiro Luciano.

O Bangu foi pra cima, mas só conseguiu assustar aos 21 minutos em cabeçada perigosa de Paulo Vitor. Aos 22 minutos, Tiago Marques coloca a bola no gol, mas o árbitro anotou impedimento. No minuto seguinte, o Bangu diminuiu.

Felipinho bateu da ponta esquerda, Saulo fez golpe de vista e a bola entrou. O Bangu se animou. Aos 25 minutos, Geovani deu um corte no zagueiro e bateu firme, mas a bola acertou a rede pelo lado de fora. Apesar da pressão do Bangu, foi a Ferroviária que ampliou. Aos 42 minutos, da entrada da área, Gleyson deu um biquinho e acertou o ângulo para fechar o placar.

 Após os jogos Bangu 1x3 Ferroviária, Cabofriense 1x0 Toledo e Mirassol 8x0 Nacional, a classificação a liderança é da Ferroviária com14 pontos, seguida por Mirassol, Bangu e Cabofriense com 12. A seguir aparecem FC Cascavel e Portuguesa com 9. O Nacional tem 3 e o Toledo tem 1.

Hoje às 16h, vai terminar a rodada que fecha o primeiro dos dois turnos classificatórios, com o jogo FC Cascavel x Portuguesa do Rio de Janeiro.