Cabofriense vence o Toledo com gol nos acréscimos

A vitória recoloca a Cabofriense no G-4

Foto: DIVULGAÇÃO
Cabofriense vence o Toledo com gol nos acréscimos
Jogador da Cabofriense

FUTEBOL INTERIOR

Após três jogos sem vencer, a Cabofriense recebeu neste sábado a tarde o Toledo e venceu por 1 a 0, no Estádio Alair Corrêa, o Correão, em Cabo Frio, pela sétima rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série D. Pedrinho fez o gol da vitória aos 50 minutos da etapa final.

A vitória deste sábado é importante para manter a Cabofriense no grupo dos quatro primeiros colocados. O time do Rio aparece na terceira posição na chave A7 com 12 pontos – tem três pontos a mais que o Mirassol e o Cascavel, quarto e quinto colocado, respectivamente.

O Toledo segue fazendo feio na competição. O time soma apenas um ponto e é o lanterna da chave. São seis derrotas e um empate em sete partidas disputadas.

O JOGO
Mesmo fora de casa, o Toledo começou o jogo assustando a Cabofriense. Logo aos cinco minutos, PH dominou e arriscou chute forte de fora da área. A bola explodiu na trave e assustou o goleiro do time carioca. O time de Cabo Frio respondeu aos 11, quando Feitosa aproveitou cruzamento e cabeceou perto do gol.

Com a partida bastante movimentada, a Cobofriense precisou segurar mais a bola e bloquear as investidas do Toledo. Aos 11 minutos, Gama cobrou escanteio e o atacante Mascote cabeceou forte no travessão no travessão do goleiro Diego. Na sequência a zaga do time paranaense afastou a bola da área.

No final do primeiro o Toledo investiu um pouco mais no ataque e quase abriu o placar fora de casa. Aos 43, Rômulo tocou para Correia e na hora de finalizar o jogador acabou travado pelo adversário. Depois, aos 45, o Toledo reclamou de pênalti em suposto toque de mão de Magal dentro da área, mas o juiz nada marcou.

MAIS AGRESSIVA
No segundo tempo a Cabofriense foi um pouco mais agressiva e criou mais oportunidades de gol. Aos quatro minutos, Erick Bahia dominou na entrada da área e finalizou para fora. Depois, aos dez, Douglas Cruz fez jogada individual e cruzou na área, mas ninguém chegou para completar para as redes.

Animada, a Cabofriense tentou uma “blitz” pelo gol e quase marcou aos 29 minutos, quando Erick Bahia invadiu a área e chutou cruzado. O goleiro defendeu e no rebote o sistema defensivo mandou a bola para longe da área.

ATÉ O FINAL 

Os ataques do time de Cabo Frio se mantiveram até o final do jogo. Aos 41 minutos, Gama chutou colocado e obrigou o goleiro Diego a se esticar todo e fazer um verdadeiro milagre em campo. Depois, aos 45, foi a vez de Natan finalizar forte com a perna esquerda e parar no goleiro do Toledo.

De tanto insistir, a Cabofriense conseguiu marcar e garantir os três pontos diante do lanterna Toledo. Aos 50 minutos, Pedrinho apareceu na entrada da área e finalizou forte de perna esquerda, sem chances de defesa para o goleiro.

Fase
Primeira Fase
Rodada
7ª rodada
Data
17/10/2020
Horário
15h00
Local
Alair Corrêa - Cabo Frio (RJ)
Árbitro
Jose Jaini Oliveira Bispo (AL)

Assistentes
Rachel de Mattos Bento (RJ) e Guilherme Vogas Tavares (RJ)

Cartões Amarelos
Cabofriense-RJ: Campestrini, Pedrinho
Toledo-PR: Marcos Brito

Gols
Cabofriense-RJ: Pedrinho 50' 2T
Cabofriense-RJ
George;
Rhuan (Wander), Campestrini, Fellipe e Juninho (Pedrinho);
Feitosa (Jobert), Erick Bahia, Magal (Douglas Cruz) e Gama;
Mascote e Natan (Larusso).
Técnico: Toninho Andrade
Toledo-PR
Diego;
Coutinho, Murilo Batalha, Chiesa e Carlinhos;
Felipe Recife, PH, Marcos Britto (Robinho) e Rômulo (Lúcio);
Deivid (Brunoo Felipe) e Correia.
Técnico: José Maria Barbosa
 Após os jogos Bangu 1x3 Ferroviária, Cabofriense 1x0 Toledo e Mirassol 8x0 Nacional, a classificação a liderança é da Ferroviária com14 pontos, seguida por Mirassol, Bangu e Cabofriense com 12. A seguir aparecem FC Cascavel e Portuguesa com 9. O Nacional tem 3 e o Toledo tem 1.

Hoje às 16h, vai terminar a rodada que fecha o primeiro dos dois turnos classificatórios, com o jogo FC Cascavel x Portuguesa do Rio de Janeiro.