Santos devolve o Coritiba para a zona do rebaixamento

Na rodada passada, o time venceu o Palmeiras, em São Paulo, mas não conseguiu confirmar a reação

Foto: DIVULGAÇÃO
Santos devolve o Coritiba para a zona do rebaixamento
O Santos derrotou o Coritiba

O Santos se aproximou ainda mais da disputa pela liderança do Campeonato Brasileiro. O Peixe venceu o Coritiba por 2 a 1, neste sábado, no Couto Pereira. Kaio Jorge e Soteldo, de pênalti, marcaram ainda no primeiro tempo – Giovanni Augusto descontou na etapa final. O Coxa não consegue embalar e continua entre os últimos colocados.

O Coritiba perdeu a chance de ganhar fôlego no Brasileirão. Na rodada passada, o time venceu o Palmeiras, em São Paulo, mas não conseguiu confirmar a reação. O time do tetracampeão Jorginho permanece com apenas 16 pontos, bastante ameaçado pelo rebaixamento. No sábado, visita o Ceará, às 19h, no Castelão.

O Santos aproveitou os espaços na defesa do Coritiba para abrir o placar aos cinco minutos. Kaio Jorge se antecipou à marcação após cruzamento da esquerda e desviou sem chances para Wilson. O Coxa ficou mais tempo com a bola, mas não conseguiu ser efetivo.

Na primeira chance, aos 16, Rodrigo Muniz cabeceou, e o goleiro João Paulo fez linda defesa. Os paulistas chegaram ao segundo gol aos 26. Pituca chutou, e a bola explodiu em um dos braços de Hugo Moura na área. Com o auxílio do VAR, o árbitro marcou pênalti. Soteldo bateu com cavadinha e fez 2 a 0. Aos 43, Giovanni Augusto ainda carimbou a trave santista.

Com o placar adverso, o Coritiba teve muita dificuldade para pressionar na volta do intervalo. Cuca também tratou de fechar o time no campo de defesa e tentar explorar os contra-ataques. Robson, em um chute/cruzamento, chegou a assustar. Neilton, que acabara de entrar, perdeu boa chance ao finalizar na área.

Lance de Coritiba x Santos

O Coxa, enfim, descontou aos 28 em chute de Giovanni Augusto no ângulo esquerdo de João Paulo. Jorginho ainda colocou Ricardo Oliveira em campo nos minutos finais para tentar sufocar. Mas não adiantou. Bem fechado, o time paulista evitou a pressão e segurou a vitória.

A vitória em Curitiba coloca o Santos com 27 pontos, quatro abaixo de Atlético-MG, Internacional e Flamengo – todos com jogos a menos que o Peixe. O time enfrenta o Defensa y Justicia, da Argentina, terça-feira, às 19h15, na Vila Belmiro, pela fase de grupos da Copa Libertadores. Pelo Brasileirão, pega o Fluminense, domingo, às 16h, no Maracanã.