Bárbara Domingos é destaque brasileiro na Copa do Mundo

Ginastas brasileiras se movimentam após mais de um ano sem competições internacionais

Foto: RICARDO BUFOLIN
Bárbara Domingos é destaque brasileiro na Copa do Mundo
Bárbara Domingos, ginasta do Brasil

FERNANDO GAVINI / OLIMPÍADA TODO DIA

Encerrou neste sábado (27), a participação brasileira na etapa de Sófia da Copa do Mundo de ginástica rítmica. Participando de seu primeiro evento oficial após mais de um ano sem competições internacionais, Bárbara Domingos obteve o melhor resultado do dia na disputa das fitas, em que ficou com a 19ª colocação com 11,000 de nota de partida e 7,850 de execução, resultando em 18,850.

Outra participante brasileira, Natália Gaudio acabou tendo a sua performance nas fitas sendo prejudicada por uma poça de água no piso que acabou molhando molhando o seu aparato. Por conta disso, a atleta acabou ficando apenas na 49ª posição na seletiva com 15,000 pontos de somatória.

Apenas as oito primeiras colocadas das 60 atletas participantes do evento avançam para a final de cada série.

Natália Gaudio - Monika Queiroz - Mariana Vasileva

No outro aparelho do dia, a dupla brasileira participou da qualificação das Maças. O melhor resultado foi de Natália Gaudio, que conseguiu a 24ª colocação com 21,600 pontos, obtidos por 14,400 na nota de partida somados a 7,200 pontos de execução.

Bárbara Domingos completou a prova ficando na 34ª posição, obtido com um pontuação de 13,400 na nota de partida e 6,700 em execução, finalizando com 20,100 pontos.

Sem conseguir a classificação para as finais, a participação da dupla brasileira no evento em Sofia foi encerrada com Natália Gaudio e Bárbara Domingos aparecendo na 34ª e 38ª posições no individual geral, respectivamente, em que se somam os resultados de todos os aparelhos.

SEXTA-FEIRA

Natália Gaudio e Bárbara Domingos sobem no pódio em Cochabamba

Depois de mais de um ano sem competições internacionais, Natália Gaudio fez uma excelente apresentação na etapa de Sófia da Copa do Mundo de ginástica rítmica. Com 15,6 de nota de partida e 7,45 de execução no arco, a brasileira somou 23,050 e ficou a apenas um décimo de conseguir a classificação para a final.

A última a conseguir um lugar entre as oito finalistas foi a eslovena Ekaterina Vedeneeva, que somou 23,150. Com o desempenho, Natalia Gaudio ficou em 11º. lugar no arco. No mesmo aparelho, Bárbara Domingos somou 17,950 (12,100 de partida e 6,150 de execução) e terminou em 43º. lugar.

As duas brasileiras participaram também nesta sexta-feira da qualificação da bola. O melhor resultado foi de Natália Gaudio, que ficou em 41º. lugar com 18,250, enquanto Bárbara Domingos terminou em 45º. com 17,350.