Anderson Silva assina contrato para luta de boxe após deixar UFC

O brasileiro deve se apresentar em um evento, em junho, no estádio Jalisco, em Guadalajara - México

Foto: LUCIANO BELFORD
Anderson Silva assina contrato para luta de boxe após deixar UFC
Anderson Silva, lutador

FOLHA PRESS

Anderson Silva vai trocar o MMA pelo boxe. O brasileiro de 45 anos assinou contrato para enfrentar Julio César Chávez Jr. em 19 de junho. A informação é do site TMZ Sports. O evento foi batizado de “Tributo aos Reis” e será realizado no Estádio Jalisco, em Guadalajara, no México.

“Quando olho para trás para a minha jornada, eu vejo que nada foi em vão. Estou extremamente feliz pela oportunidade de testar minhas habilidades no boxe com Julio César Chávez Jr. Treino continuamente, sempre buscando resiliência e para superar obstáculos. Lutar é meu fôlego eterno”, disse o Spider.

O adversário dele também falou sobre as expectativas para o duelo. “Me dediquei novamente para o esporte que amo e estarei pronto para enfrentar qualquer um na categoria meio-pesado, começando pelo Silva. Estarei preparado para ser vitorioso em 19 de junho”.

Julio César Chávez Jr., de 35 anos, tem um cartel no boxe de 52 vitórias, cinco derrotas e um empate.

Anderson Silva se despediu do UFC em 31 de outubro do ano passado, em derrota por nocaute para Uriah Hall.

Segundo o TMZ, o evento também terá uma luta de exibição do ex-pugilista Julio César Chávez, pai do oponente do Spider e lenda do boxe. Ele enfrentará Hector Camacho Jr., filho de Hector “Macho” Camacho, ex-adversário de Chávez que morreu em 2012.