Natação brasileira garante mais quatro índices para Tóquio

Fernando Scheffer e Breno Correia, nos 200m, e Guilhermes Basseto e Guido, nos 100m costas, carimbaram o passaporte nesta terça-feira, durante a seletiva, no Rio

Foto: DIVULGAÇÃO
Natação brasileira garante mais quatro índices para Tóquio
Breno Correia, Fernando Scheffer, Murilo Sartori e Luiz Altamir após os 200m

GE - RIO

A natação brasileira conquistou mais quatro vagas individuais para as Olimpíadas de Tóquio na noite desta terça-feira, no segundo dia da seletiva nacional para o megaevento. E as vagas, todas obtidas por homens, saíram em dobradinhas, nos 200m livre e nos 100m costas.

Até o momento a natação verde e amarela já soma sete vagas nos Jogos do Japão, que serão realizados entre 23 de julho e 8 de agosto - uma delas, por ora, está em poder de Bruno Fratus, nos 50m livre; ele, porém, ainda espera os resultados da prova na seletiva.

Fernando Scheffer e Breno Correia carimbaram seus passaportes nos 200m livre. Scheffer, atual recordista sul-americano da distância (1min45s51), venceu a final disputada no Parque Aquático Maria Lenk em 1min46s28, logo à frente de Correia, que marcou 1min46s72. Será a primeira Olimpíada de ambos.

"Amadureci bastante nesses últimos anos, ganhei um pouco mais de experiência em competições internacionais e conseguiu colocar minha melhor natação na água hoje - afirmou o gaúcho Scheffer", que é atleta do Minas Tênis Clube.

Scheffer, Correia (Pinheiros), Murilo Sartori (Americana) e Luiz Altamir (Ideal Clube) formarão o revezamento 4x200m brasileiro em Tóquio.

As outras duas passagens para as Olimpíadas saíram nos 100m costas. E com dois companheiros e clube e de treinos. Guilherme Basseto venceu a final com 53s84, um centésimo abaixo do índice A estipulado pela Fina (Federação Internacional de Natação). Logo atrás veio outro Guilherme, o Guido, que registrou 53s85, exatamente o índice da Fina. Ambos são atletas do Pinheiros.

"Estou muito feliz, muito realizado. Foi na risca ali, mas acho que não poderia ser melhor. Eu e meu colega de treino, tudo o que a gente planejou, e graças a Deus deu tudo certo", disse Basseto, que vai estrear em Olimpíadas.

A seletiva nacional continua nesta quarta-feira, com destaque.

Confira os resultados da segunda etapa da seletiva olímpica

100m costas feminino
1) Etiene Medeiros - 1min01s37
2) Fernanda Goeij - 1min02s30
3) Natalia de Luccas - 1min02s74

200m livre masculino
1) Fernando Scheffer - 1min46s28
2) Breno Correia - 1min46s72

3) Murilo Sartori - 1min47s33
4) Luiz Altamir - 1min48s02

100m peito feminino
1) Jhennifer Conceição - 1min08s08
2) Pamela Alencar - 1min09s19
3) Bruna Leme - 1min09s74

100m costas masculino
1) Guilherme Basseto - 53s84
2) Guilherme Guido - 53s85

3) Gabriel Fantoni - 54s28

400m livre feminino
1) Gabrielle Roncatto - 4min10s88
2) Aline Rodrigues - 4min14s17
3) Ana Marcela Cunha - 4min15s34

Quem já está classificado para Tóquio

Bruno Fratus* - 50m livre
Guilherme Basseto - 100m costas
Guilherme Guido - 100m costas
Breno Correia - 200m livre
Fernando Scheffer - 200m livre
Guilherme Costa - 400m livre
Felipe Lima - 100m peito
Murilo Sartori - 4x200m livre
Luiz Altamir - 4x200m livre

*Fratus fez 21s80 na etapa de Mission Viejo do Grand Prix norte-americano e aguarda resultado da final dos 50m livre na seletiva brasileira