Daniel Serra e Ricardo Maurício vencem na abertura da Stock Car

Ricardinho deixou escapar a vitória na Corrida 1, mas se recuperou na segunda bateria para vencer com folga

Foto: DUDA BAIRROS
Daniel Serra e Ricardo Maurício vencem na abertura da Stock Car
Corrida de Stock Car

Corridas cheias de alternativas e trocas de posições. A primeira rodada dupla da Stock Car, com uma prova atrás da outra, foi bem a característica de Goiânia. Com 32 pilotos no grid de largada a emoção foi natural.

Corrida 1

Na Corrida 1 foram várias trocas de posições nas primeiras voltam, com toques laterais e algumas saídas de pista, mas com todo mundo se mantendo na pista.

O problema maior foi com o estreante na categoria, Tony Kanaan, que bateu forte na sexta volta e obrigou a entrada do safety car.

Na relargada, faltando 11 minutos, Daniel Serra manteve a frente, com Ricardo Maurício em segundo. A briga ficou boa na disputa da décima posição, mas Gabriel Casagrande controlou bem o ímpeto dos rivais que vinham logo atrás.

Logo depois aconteceu a abertura de box para uma parada obrigatória. Os pilotos tiveram três voltas para fazer o pit stop. Com os dois carro na frente, a equipe RC Eurofarma optou por Ricardo Maurício primeiro nos boxes. Depois foi a vez de Daniel Serra. As paradas foram praticamente iguais, só que na volta dos boxes Serra foi superado pelo companheiro de equipe que ligou o push para ficar com a primeira colocação. Cacá Bueno permaneceu em terceiro.

Na volta seguinte Ricardo Maurício errou e rodou na pista. Liderança no colo de Daniel Serra e Ricardinho pulou para a nona colocação.

Outro estreante, Felipe Massa acabou parando no fim da Corrida 1 com problemas no carro. A equipe trabalhou muito para colocar Massa na Corrida 2 e mesmo com problemas no câmbio ele conseguiu retomar, largando dos boxes.

Enquanto isso Daniel Serra, que largou em segundo, contornou bem as curvas e sem ser ameaçado por Cacá Bueno, o segundo colocado, recebeu a bandeira quadriculada na ponta. Vitória do tri-campeão da Stock Car na Corrida 1 em Goiânia. Cacá Bueno em segundo e Allan Khodair o terceiro.

Rubens Barrichelo e Ricardo Zonta foram desclassificados porque fizeram a parada obrigatória fora da janela prevista pelo regulamento.

Corrida 2

Com grid invertido Gaetano Di Mauro largou em primeiro, Ricardo Maurício em segundo, Gabriel Casagrande em terceiro, Denis Navarro o quarto e Thiago Camilo em quinto. Na sequência, entre os dez primeiros, Bruno Baptista, César Ramos, Allan Khodair, Cacá Bueno e Daniel Serra.

A largada em movimento da Corrida 2 foi mais tranquila que a primeira prova e Gaetano se manteve na ponta.

Marcos Gomes rodou e o safety car entrou em ação novamente porque o carro ficou em uma posição perigosa no circuito. Allan Khodair também teve problema e encostou o carro. Júlio Ramos seguiu o mesmo caminho e estacionou o carro no box.

Depois de ficar praticamente metade da Corrida 2 na pista, por conta de sujeira de óleo no traçado, o safety car se retirou e Gaetano di Mauro aparentou bem a primeira posição. Navarro investiu para cima de Gabriel Casagrande na briga pela terceira colocação, mas o paranaense não permitiu a ultrapassagem.

E lá na frente Gaetano Di Mauro não suportou a pressão de Ricardo Maurício, que passou até com certa facilidade e assumiu a ponta.

Rubinho Barrichelo forçou demais em uma tentativa de ultrapassagem e acabou rodando. Guatavo Frigoto recebeu um leve toque de Massa e também rodou. Frigoto conseguiu retomar a corrida, mas rodou novamente.

A briga passou a ser pela segunda posição. Casagrande foi chegando em Di Mauro, mas Gaetano usou nem o push para segurar o seu lugar na pista.

Daniel Serra e Bruno Batista brigaram pela sexta posição e Serra levou vantagem.

Enquanto isso Cacá Bueno perdeu a roda esquerda traseira e foi embora. Com apenas três rodas ele tentou levar o carro até os boxes.

Na última volta Thiago Camilo conseguiu passar Daniel Serra, assumindo a quinta colocação. Na linha de chegada Serra devolveu a ultrapassagem em Camilo e ficou mesmo em quinto.

E se por um detalhe não venceu a Corrida 1, Ricardo Maurício chegou na ponta na Corrida 2 sem dar chances para ninguém. Dobradinha da equipe RC.

Gaetano Di Mauro cruzou a linha de chagada em segundo e Gabriel Casagrande foi o terceiro, completando o pódio. Denis Navarro foi o quarto e Daniel Serra o quinto.

As provas foram mostradas ao vivo pelas mídias sociais da Catve. A próxima etapa da temporada será no dia 16 de maio no autódromo de Interlagos em São Paulo.

Confira o resultado extraoficial da etapa de Goiânia:

Corrida 1

1 Daniel Serra (Eurofarma-RC/Cruze), em 29min32s
2 Cacá Bueno (Crown Racing/Cruze), a 1.608
3 Allam Khodair (Blau Motorsport/Cruze), a 2.368
4 Cesar Ramos (Ipiranga Racing Corolla 4.510
5 Bruno Baptista (RCM Motorsport/Corolla), a 6.145
6 Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Corolla), a 7.965
7 Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Cruze), a 8.823
8 Gabriel Casagrande (Vogel Mattheis/Cruze), a 9.916
9 Ricardo Mauricio (Eurofarma-RC/Cruze), a 10.515
10 Gaetano di Mauro (KTF Racing/Cruze), a 10.566
11 Átila Abreu (Shell V-Power/Cruze), a 10.828
12 Guilherme Salas (KTF Sports/Cruze), a 10.879
13 Lucas Foresti (KTF Sports/Cruze), a 13.590
14 Julio Campos (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze), a 16.720
15 Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Corolla), a 17.874
16 Diego Nunes (Blau Motorsport/Cruze), a 19.326
17 Pedro Cardoso (KTF Racing/Cruze), a 24.987
18 Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Cruze), a 26.020
19 Galid Osman (Shell V-Power/Cruze), a 36.530
20 Gustavo Frigotto (RKL Competições/Cruze), a 45.099
21 Tuca Antoniazi (Hot Car Competições/Cruze), a 59.301
22 Nelson Piquet Jr (MX Piquet Sports/Corolla), a 3 Voltas
23 Felipe Massa (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze),a 5 Voltas
24 Guga Lima (Vogel Mattheis/Cruze),a 7 Voltas
25 Sergio Jimenez (MX Piquet Sports/Corolla), a 8 Voltas
26 Tony Kanaan (Full Time Bassani/CorollaP, a 12 Voltas
27 Christian Hahn (Blau Motorsport II/Cruze), a 12 Voltas
28 Max Wilson (Full Time Sports/Corolla), a 16 Voltas
29 Beto Monteiro (Crown Racing/Cruze)
30 Rubens Barrichello (Full Time Sports/Corolla)
31 Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Corolla)

Corrida 2

1 Ricardo Mauricio (Eurofarma-RC/Cruze), em 26min16s
2 Gaetano di Mauro (KTF Racing/Cruze), a 2.492
3 Gabriel Casagrande (Vogel Mattheis/Cruze), a 5.225
4 Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Cruze), a 6.798
5 Daniel Serra (Eurofarma-RC/Cruze), a 7.000
6 Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Corolla), a 7.090
7 Bruno Baptista (RCM Motorsport/Corolla), a 7.321
8 Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Corolla), a 8.610
9 Guilherme Salas (KTF Sports/Cruze), a 9.494
10 Átila Abreu (Shell V-Power/Cruze), a 9.978
11 Galid Osman (Shell V-Power/Cruze), a 10.022
12 Lucas Foresti (KTF Sports/Cruze), a 12.736
13 Pedro Cardoso (KTF Racing/Cruze), a 13.375
14 Diego Nunes (Blau Motorsport/Cruze), a 14.102
15 Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Corolla), a 14.481
16 Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Corolla), a 16.165
17 Felipe Massa (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze), a 23.604
18 Christian Hahn (Blau Motorsport II/Cruze), a 24.919
19 Rubens Barrichello (Full Time Sports/Corolla), a 25.893
20 Sergio Jimenez (MX Piquet Sports/Corolla), a 56.971
21 Cacá Bueno (Crown Racing/Cruze), a 3 Voltas
22 Tuca Antoniazi (Hot Car Competições/Cruze), a 3 Voltas
23 Gustavo Frigotto (RKL Competições/Cruze), a 7 Voltas
24 Allam Khodair (Blau Motorsport/Cruze)
25 Julio Campos (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze)
26 Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Cruze)
27 Nelson Piquet Jr (MX Piquet Sports/Corolla)
28 Guga Lima (Vogel Mattheis/Cruze)
29 Tony Kanaan (Full Time Bassani/Corolla)
30 Max Wilson (Full Time Sports/Corolla)
31 Beto Monteiro (Crown Racing/Cruze)