Vinícius Figueira se complica na luta por uma vaga nos Jogos Olímpicos

Após perder na primeira luta em Lisboa, Vinícius Figueira não tem mais chance de classificação pelo ranking e terá uma última chance no Pré-Olímpico Mundial

Foto: DIVULGAÇÃO
Vinícius Figueira se complica na luta por uma vaga nos Jogos Olímpicos
Vinícius Figueira, karateca

OLIMPÍADA TODO DIA  

Em março do ano passado, Vinicius Figueira teve a vaga para os Jogos Olímpicos confirmada com o cancelamento da Etpa de Madrid da Premier League.

Dois meses depois a Federação Mundial de Karatê (WKF) voltou atrás e devido ao adiamento da Olimpíada, mudou as regras reabrindo o ranking.

O brasileiro dependia de uma boa campanha na etapa de Lisboa do circuito mundial para que pudesse sacramentar sua classificação. Mas ele foi mal. Acabou eliminado na primeira luta e viu seu concorrente direto, o egípcio Ali Elsawy avançar até a disputa do bronze, deixando Figueira sem chances matemáticas de ir à Tóquio pelo ranking.

Resta para Vinicius Figueira disputar o Pré-Olímpico Mundial, que acontece em junho.

Nesta sexta-feira, pela categoria até 67 kg, Vinícius Figueira perdeu logo na estreia para o italiano Gianluca de Vivo, que venceu por 3 a 1.

O carateca brasileiro teria chance de ir para a repescagem para brigar pela medalha de bronze se seu algoz avançasse até a final, mas de Vivo parou na luta seguinte diante do jordaniano Abdel Almasatfa.

O dia não foi ruim apenas para Vinícius Figueira. Valéria Kumizaki, que foi medalha de ouro na etapa de Instambul, no mês passado, venceu a chilena Aros Astudillo por 4 a 0, mas não passou da segunda luta da categoria até 55 kg, em que foi derrotada pela italiana Anita Pazzaglia por 8 a 3. A exemplo do que aconteceu com Figueira, a algoz de Kumizaki não passou da luta seguinte e impediu a brasileira de lutar a repescagem.

Na categoria até 60 kg, Edemílson Gutz perdeu na primeira luta para o romeno Bogdan Gogolosi, enquanto Nicole Mota passou da primeira fase do kata, mas parou na segunda, terminando na 29.ª colocação.

Com o mau resultado de Vinícius Figueira na etapa de Lisboa da Premier League, nenhum brasileiro conseguiu a classificação direta pelo ranking para os Jogos Olímpicos.

A esperança passa a ser o Pré-Olímpico, que será disputado entre os dias 11 e 13 de junho.

Também participarão do torneio: Stephani de Lima (até 61kg), Brenda Padilha (+61kg), Douglas Brose (-75kg), Filipe Medeiros (+75kg) Nicole Mota (kata feminino) e Dyun Kimura (kata masculino).