Com super goleada o São Paulo despacha o Quatro de Julho

Santos e São Paulo estão classificados. Athlético Paranaense e Coritiba lutam por classificação

Foto: DIVULGAÇÃO
Com super goleada o São Paulo despacha o Quatro de Julho
Lance de Quatro de Julho x São Paulo

GE

O São Paulo superou o Quatro de Julho, de Teresina (PI), após dois jogos, e avançou às oitavas de final da Copa do Brasil. Até aí, tudo normal. No entanto, a classificação teve roteiro com mais reviravoltas do que se imaginava para o Tricolor, que goleou por 9x1, na noite desta terça-feira, no Morumbi, depois de ter perdido o jogo de ida da terceira fase por 3 a 2, no Piauí, e sofrido um gol com pouco mais de 30 segundos, dentro de casa.  

Desta vez com titulares, o time de Hernán Crespo construiu o placar com naturalidade, sendo muito superior ao rival de Série D, mas viu um Quatro de Julho valente – além do gol logo cedo, o time do Piauí tentou atacar, acertou o travessão uma vez e exigiu boas defesas de Tiago Volpi. O atual campeão paulista levou um susto, mas empilhou gols e atingiu o resultado esperado: vai em frente na Copa do Brasil.

O 4 de Julho teve seu momento de brilho no Morumbi. Depois de ter vencido o jogo de ida por 3 a 2, em Teresina, o time piauiense aprontou logo aos 30 segundos e abriu o placar com Dudu Beberibe. O curioso é que ele é torcedor fanático do São Paulo e se emocionou com o gol improvável no lugar em que sonhou estar... mas nas arquibancadas.

O gol surgiu após erro de Reinaldo na saída do São Paulo, a bola chegou em poucos passes a Dudu Beberibe, que tocou na saída de Tiago Volpi. 

O sonho do time piauiense, porém, foi se apagando conforme o Tricolor se arrumava em campo. A formação bastante ofensiva, com o argentino Rigoni ganhando chance aberto pelo lado direito, logo encontrou brechas na marcação rival e foi construindo a virada naturalmente. 

Luciano marcou primeiro, de cabeça. Pablo virou após passe do mesmo Luciano, que recebeu em posição duvidosa e rolou para o companheiro. O terceiro foi de Gabriel Sara, de cabeça, após ótimo cruzamento de Rigoni da direita.

O São Paulo ainda teve dois gols de Pablo anulados por impedimento – ambos aparentemente em posição legal. Com Esquerdinha, de falta, o 4 de Julho ainda deu um susto no fim – a bola acertou o travessão.

No segundo tempo as pernas do Quatro de Julho pesaram, e o São Paulo passeou nos minutos finais. O time piauiense teve um pênalti não marcado logo no início, de Igor Vinícius em Dudu Beberibe, e um chute de Ítalo Pica-Pau que Tiago Volpi se esticou para defender.

Depois, só deu Tricolor, muito superior e diante de um rival cansado. Os gols foram saindo naturalmente: Pablo, Rigoni, Bruno Alves, Chico Bala (contra), Pablo e Luciano.

Nove a um no placar, e muito respeito no apito final. Os jogadores do Quatro de Julho tiraram fotos e marcaram um dia histórico, apesar da derrota. Os do São Paulo reconheceram o esforço do adversário, que se preocupou só em jogar futebol.

A goleada sobre o Quatro de Julho foi a segunda maior do São Paulo no Morumbi, perdendo apenas para os 10 x 0 sobre o Botafogo-PB, em 2001, também pela Copa do Brasil. O artilheiro da noite foi Pablo, com três gols.

Classificado, o São Paulo aguarda o rival das oitavas, que sairá após novo sorteio na CBF – ainda sem data marcada. A próxima fase do torneio está marcada para começar apenas no fim de julho. 

NESTA TERÇA-FEIRA

Santos 1x0 Cianorte (Santos classificado - 3x0 no agregado) e São Paulo 9x1 Quatro de Julho (São Paulo classificado com 11x4 no agregado)

NESTA QUARTA-FEIRA

Nesta quarta-feira tem sequência a terceira fase da Copa do Brasil, com jogos os jogos de volta Vasco da Gama x Boa Vista de Saquarema (16h - Vasco 1x0 no jogo de ida), ABC x Chapecoense (16h30 - Chape 3x1), Bahia x Vila Nova (19h - Bahia 1x0), Juazeirense x Cruzeiro (19h - Cruzeiro 1x0), Athlético Paranaense x Avaí (19h - 1x1 no jogo de ida, em Florianópolis), Palmeiras x CRB (19h - Palmeiras 1x0), Bragantino x Fluminense (21h30 - Flu 1x0), Criciúma x América Mineiro (21h30 - 0x0 no jogo de ida) e Atlético Goianiense x Corinthians (21h30 - Atlético Goianiense 2x0).

QUINTA-FEIRA

Brasiliense x Grêmio (15h30 - Grêmio 2x0), Ceará x Fortaleza (19h - 1x1 no jogo de ida), Atlético Mineiro x Remo (19h - Atlético 2x0), Coritiba x Flamengo (21h30 -  vai ser o jogo de ida com o jogo de volta no Rio de Janeiro, no dia 16 de junho) e Internacional x Vitória (21h30, com Internacional 1x0, no Barradão, em Salvador, no jogo de ida).