Palmeiras vence e o Internacional tropeça

O Palmeiras luta para estar no G-4 e o América Mineiro está na zona do rebaixamento

Por Edilson 20/06/2021 - 18:57 hs
Foto: MARCOS RIBOLI
Palmeiras vence e o Internacional tropeça
Willian faz pose ao comemorar o gol do Palmeiras contra o América Mineiro

GE - PR 

O Palmeiras lutou até o último minuto e foi premiado diante do América-MG. Com dois gols de Willian (um no primeiro tempo e outro no minuto final da partida), o time ganhou de virada por 2 a 1, no Allianz Parque, e chegou ao G-4 do Brasileiro, alcançando a terceira vitória. Por sua vez, o Coelho segue sem vencer e na zona do rebaixamento.

O Palmeiras saiu perdendo na partida, mas respondeu um minuto depois com o gol de Willian, no primeiro tempo. No segundo tempo, pressionou o América durante toda a etapa e acreditou até o último minuto, quando conseguiu recuperar a bola e concluiu a gol, com um chute do Bigode, novamente, nome da partida.

A partida ganhou emoção mesmo nos últimos 15 minutos. Até então, era o América que dominava a partida, marcando a saída de bola do Palmeiras e conseguindo recuperar a bola. Chegou com perigo em dois chutes de Geovane. O Palmeiras buscava jogadas pelo lado direito, com Gustavo Scarp. Com ele, o Palmeiras arriscou de fora da área. Nessa posição, Raphael Veiga também levou perigo.

O Palmeiras foi para cima na segunda etapa. Começou tentando com Gustavo Scarpa, em chute de fora da área. O América, por sua vez, recuou e buscou segurar o empate. Assim, o time da casa foi para cima e melhorou o volume de jogo com a entrada de Luiz Adriano. O atacante parou em Jori, num chute cruzado. Deyverson ainda acertou a trave do Coelho. No fim, quando o empate parecia próximo, o América errou na saída de bola, e o time da casa não perdoou. Willian marcou e aplicou a virada para o Palmeiras.

O gol do América chegou aos 37 minutos, com Geovane, após recuperação do Coelho na saída de bola. O Verdão não tempo para o adversário comemorar. No minuto seguinte, respondeu com gol de cabeça de Willian. Tinha mais emoção! Nos acréscimos, o árbitro consultou lance entre Renan e Rodolfo e marcou pênalti. Ademir foi para bola, mas parou na defesa de Jailson.

Anunciado neste sábado pelo América-MG, o técnico Vágner Mancini acompanhou o jogo da sua nova equipe das tribunas do Allianz. Viu uma equipe mais organizada e aguerrida, mais próxima daquela que foi semifinalista da Copa do Brasil de 2020. Entretanto, presenciou a virada no fim e a quarta derrota do Coelho em cinco jogos no Brasileiro.

Mesmo desfalcado, o Palmeiras mostrou a força do elenco e conseguiu a virada sobre o América. Destaque para Willian, que marcou os dois gols e colocou o time paulista no G-4 do Brasileiro, com 10 pontos, um a menos que o líder Bragantino. Por sua vez, o América continua sem vencer. Está com apenas um ponto e na penúltima colocação.

INTER x CEARÁ

Internacional e Ceará empataram em 1 a 1 neste domingo, no Beira-Rio, pela quinta rodada da Série A do Brasileiro. Os gols foram marcados por Edenílson, de pênalti, e Lima, em linda cobrança de falta. O primeiro tempo foi marcado por polêmica, com o Vozão reclamando de gol anulado de Messias e de um pênalti que o árbitro assinalou e voltou atrás. Com o resultado, os times somam cinco pontos e estão no meio da tabela

O Ceará teve a primeira boa chegada, com Mendoza pela esquerda, mas o chute de Lima foi muito errado. Em um erro crucial do goleiro do Ceará, Vinícius, o Internacional teve um pênalti a favor, após consulta do árbitro ao VAR. Edenílson não decepcionou e marcou. Messias balançou as redes de cabeça, mas a arbitragem marcou falta do zagueiro.

Aos 45, o Ceará empatou em golaço de falta de Lima. Aos 47, Sobral errou, Galhardo passou pelo goleiro e chutou, mas Gabriel Lacerda fez o corte.

O segundo tempo começou quente. Mendoza quase marcou de cabeça. Yuri Alberto respondeu com chutaço por cima do travessão. Depois, em jogada de velocidade, Mendoza deixou Saulo sozinho com o goleiro, mas ele chutou para fora. Osmar Loss mexeu: Galhardo saiu sem marcar contra o ex-clube. Guto manteve o time intacto até 30 minutos. Charles e Vina entraram. Vina teve duas chances seguidas: em um chute e em um cabeceio, mas não marcou. Aos 45, em belo contra-ataque do Vozão, Mendoza chutou em cima Daniel, perdendo o gol. Patrick tentou no cabeceio, mas errou

CORINTHIANS x BAHIA

Rodriguinho cabeceia em Bahia x Corinthians

Em um jogo carente de chances de gol, sobretudo no primeiro tempo, Bahia e Corinthians empataram por 0 a 0 na tarde deste domingo, no Pituaçu, em Salvador, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Os visitantes tiveram maior presença ofensiva e poderiam ter saído com a vitória, mas não conseguiram vazar o adversário, que ainda teve uma derradeira oportunidade (defendida por Cássio) quase no fim do jogo.